Durante muitas décadas o ensino no Brasil vem sendo ferramenta de massa de manobra marxista e viés ideológico para ascensão política e manutenção de poder para uma minoria que conseguiu derrubar a posição do ensino brasileiro para as últimas colocações no ranking mundial.

Por isso, a sociedade vem clamando por mudanças educacionais, pois os métodos que vem sendo impostos por políticas públicas nas décadas de 2000 e 2010 causaram uma terrível mancha de analfabetismo funcional, evasão escolar, perseguições de alunos e professores conservadores, censuras de materiais e mídias que não fossem convenientes às narrativas socialistas e muitas outras injustiças, tendo em vista que o objetivo é manipular estatísticas e empoderamento doutrinador ideológico.

Sobretudo, com o passar do tempo e com as mudanças da tecnologia e aspectos sociais, o acesso às informações tornou-se uma realidade e as pessoas passaram a ter uma visão menos ofuscada pela polarização da ditadura de Marx.

Nesse sentido, as pessoas passaram a buscar mudanças políticas e devido às respostas da população através das eleições democráticas que ocorreram em 2018 passaram a acreditar que seria possível fazer mudanças educacionais e libertar os estudantes desse fracassado período intelectual que o Brasil agonizou.

Consequentemente, estamos junto nessa luta pela melhoria do ensino no Brasil, buscando sempre uma educação livre e de qualidade. #HomeScholling #EscolaSemPartido 

Nós amamos o brasil